17/12/09

R.I.P. Saudades....

Estou num momento de mudanças. E neste exato, de tristeza. Nosso cachorrinho, nosso filhotinho, nossa paixão, se encantou. Bem no dia que chegamos da nossa lua de mel. Tinha tanta coisa pra contar, tantos presentes pra dar, tanta coisinha pra curtir... Mas tá sendo bem difícil. Ainda mais, porque meu marido era muuuuuito mais ligado no nosso filhotinho do que eu, e tá arrasado. Em pedaços. Como eu estou - pelo Potter e por meu marido. Tento pensar em Natal, em presentinhos, em comer, mas quase nada tá adiantando. Pois a minha dor, eu resolvo. Mas - tem coisa mais triste do que não poder acabar com a dor de quem a gente ama? Eu queria poder arrancar com as unhas a dor de dentro do peito do meu amor e da minha mãesogrinha.Engoliria tudo e sentia tudo sozinha. Mas essas é uma das poucas coisas que uma produtora não consegue resolver. Enquanto isso, a gente tá tentando achar um outro filhotinho, da mesma raça, pra fazer companhia ao Torben - irmão de criação e melhor amigo do Potter - pois como cãezinhos não tem memória, só sensação, ele tá doidinho, perdidinho dentro de casa, sentindo falta de alguma coisa que não sabe o que é. Tá bem difícil achar um filhote. Se alguém souber, avisa: Boxer, caramelo, macho - pra ontem. Aqui vai uma fotinho dele pra fechar esta mini-homenagem que eu nem sei se alguém tá lendo.

2 comentários:

Anónimo disse...

Emocionante!!!
Eu sei...a maior dor que existe é a dor da perda!!!
Eu nem sei o que dizer á vocês...mas quero que tu saibas que ele foi um cãozinho muito feliz ao lado de vocêS,ele não poderia ter vivido em outra família!!!
Um meu beeeijo muito especial para vocês...

MC

Tatyana disse...

Todos nós, que amamos vcs, estamos vendo e sofrendo com isso tudo.

Certamente eu também goataria de "engolir" a dor que passam e administrá-la sozinha...mas isso, infelizmente não é possível.

Aguardo, apenas, o momento do alívio, no qual vcs sofrerão menos e poderão dar todo este amor a um outro, mais do que felizardo, abençoado, cãozinho.

A demora ao encontrar este novo amado deve ter razões, que nós, mortais, não temos como alcançar.

Por saber o quanto especial vcs são, sei que, isso tem um motivo apenas para algum tipo de crescimento e , muito em breve, estarão com o que queram logo à frente...

Pelo amor de Deus, eu não quero ser egoísta, mas ver estas fotos todas dói demais mesmo...

Estou por aqui.

Bjs.