23/08/10

Um momento

 Estou num momento de intenso treinamento para o desapego.
Se eu pudesse dar uma pausa pra sentir minha dor até que ela se torne força, eu pararia. Mas a vida não para. E praticar o desapego é uma coisa boa, necessária e saudável. Penso a cada momento que sinto a dorzinha, que me tornarei uma pessoa melhor. E fico focada no meu trabalho e no meu amor, pra que esse momento passe. Pra que tudo se ajuste. Sei que o mundo gira o tempo todo, e o ajuste é uma ilusão bela.
Mas é que agora, pra daqui a pouco, eu tô mesmo querendo um poquinho desta bela ilusão, esse ajuste, que alguns de nós chamam engraçadamente de estabilidade.


E pra ilustrar, com um tantim de humor, achei esta frase na internet nossa de cada dia:



"De um tempo pra cá vim pensando em me desapegar de tudo. Comecei a praticar obcecadamente o desapego. Quando me dei conta, estava completamente apegada a essa idéia e vi que pra isso não tem jeito."
Nívea Maria


3 comentários:

Tatyana disse...

Passou, não foi?
Parecia insuportável, impossível, mas deixou de ser dor e tornou-se simplesmente amor... mais uma conquista sendo bem vivida.
Parabéns!
Bem vinda a vida real !
Aquela na qual nos ensinam a não esperar por um príncipe encantado...mas sim a agir, para que talvez o encontremos...
Beijos.

Titia disse...

Troque preocupações por ocupações.
Desapegue.

Anónimo disse...

olá patty querida, sou eu Sua Meia irmâ Aila, lembra de mim? então andei dando uma olhada no seu blog, e achei que deveria te convidar para um retiro 3 dias sexta noite, sábado, e domingo, que por conhecidencia vai ser nesse fim de semana 17,18,19 de setembro, acho que se você for você conseguirá achar seu equilibrio e se desapegar por um momento. e quando voltar todos os seus problemas estarão mais claros e fáceis de resolver.
aguardo contato seu para saber se irá, posso te garantir que você voltará transformada, e não custa nada, relaxar!!
Pode deixar que é tudo por minha conta, vai ter muita comida, e muita alegria. quando eu fui pela primeira vez pensei muito em você, agora te faço esse convite.
Mil beijos: Aila & Daniel