07/06/11

Presente

Mãe, eu te amo. Meu tempo tá sempre corrido, mas te amo mesmo quando vc tenta falar comigo durante 15 dias e quando eu ligo pra dizer oi e você humanamente me esculacha. Eu te amo enlouquecidamente.

Marido, eu te amo. Estou atolada de trabalho, mas te amo mesmo quando você não consegue falar comigo, e eu tenho que desligar correndo o telefone.

Andréa, meu amor infinito, eu te amo. Te amo mesmo quando sei que vc deve estar com ódio louco por eu ter esquecido o telefone celular no trabalho durante o fim de semana e só vi suas ligações na segunda-feira, e procrastinadoramente ainda não te retornei.

Tati Carvalhedo, mon amouuur.... eu te amo. Te amo por que a gente não consegue se encontrar, te amo porque a gente ri de nossos sonhos diários e não realizados, e te amo, mesmo sabendo que vc espera mais de mim e eu não tô conseguindo te dar.

Meu diretor, Arthur, ator, meu amor. Eu te amo. Te amo, mesmo quando fico com ódio de mim por não ter ido na sua estréia. Por não ter estado ao seu lado, segurando sua mão em mais essa jornada. Ainda assim eu te amo.

Taty, madrinha do vestido azul Cerúleo, eu te amo. Te amo mesmo sabendo que nossos caminhos se partiram esse ano por conta das coisas que temos que resolver, e mesmo sabendo que vc está arretada comigo pela minha ausência. Eu te amo ainda assim.


Gê e Flaves. EU AMO MUITO VOCÊS. Amo mesmo que nenhum de nós tenhamos tempo pra se amar ao vivo. Pra se beijar na bochecha, ao vivo. Pra rir sem ser pelo facebook. Eu amo vcs, porque, apesar disso tudo, toda vez que rola um ao vivo, parece que a última vez foi ontem, e nada mudou.

Troxão, eu te amo. Amo vc mesmo que eu não tenha podido aceitar nenhum dos seus ultimos mil convites pra jantar, pra lanchar à tarde, pra comer risoto, pra tomar cerveja. Te amo demais, ainda ciente que cê tá puto que eu num fui te desejar boa sorte e te dar beijocas antes da sua viagem e me preparar pra te pegar no colo quando vc voltar. Eu te amo assim mesmo. Sua troxona.

Vaníssima, minha alma "gema" de produção e loucura, eu te amo.  Te amo do tamanho dos nossos projetos e produções megalomaníacas e do tamanho do tempo que a gente tem estado longe uma da outra sem querer. Eu te amo mesmo sabendo que vc fica triste de saber que minhas coisas às vezes ficam pela metade. Eu te amo, mas de jeito nenhum é pela metade.

Pai, eu amo você. Mesmo sabendo que a gente deu mole com o apartamento e eu também casei e não posso mais morar com você nem ser sua menininha. Mesmo você tendo voltado pra sua cidadezinha de histórias fantásticas e tendo tido que ficar longe de mim. Mesmo eu sabendo que todo o caos lindo que eu tenho na minha vida, eu puxei de você. EU te amo, muito muito, mesmo assim.

Amores, mesmo estando ausente, eu estou presente.
Eu amo vocês.

3 comentários:

Anónimo disse...

Muito linda essa menina. E eu sou prova... ela está trabalhando como nunca!!!!!!

Arthur disse...

Te amo tb.

Inês Cristina disse...

Pupuca, vc esqueceu da titia... Mas entendo, e sei que também me ama, do su jeito, no seu tempo.
Um milhão de beijos.